APOIO:

APOIO:

terça-feira, 21 de outubro de 2014

domingo, 19 de outubro de 2014

SETE x YPIRANGA

DOMINGO, 19 DE OUTUBRO DE 2014, AS 16 HORAS NO ESTÁDIO CEL CORNÉLIO MACIEL (CAMPO DO SETE) EM CRUZÍLIA

SETE DE SETEMBRO 0 x 1 YPIRANGA

Não era final mas perder um clássico nunca é bom e foi o que aconteceu. O Sete embora tenha feito um primeiro tempo razoável, não conseguiu jogar como vinha jogando e saiu de campo derrotado pelo Ypiranga por 1 a 0.



Muito calor, clima seco... Adversário a mais para as duas equipes. Grazziani Maciel Rocha CBF/FFERJ foi o árbitro escalado para partida. Um grande árbitro para um grande jogo. O Sete começou o jogo muito bem, tomando iniciativa e buscando o gol. Thiaguinho foi o responsável pelo único chute a gol do Verdão, Anderson, goleiro adversário mandou para escanteio. O Ypiranga abriu o placar no final da primeira etapa, após cobrança de escanteio, Luis Filipe defendeu cabeçada à queima roupa e na sobra após bate rebate o camisa 9 de amarelo empurrou pra dentro do gol. 1 a 0.

Na segunda etapa, com as alterações e a necessidade de buscar o empate, o Sete se abriu e sofreu alguns contra ataques. Em dois deles, o jogador do YAC perdeu o gol frente a frente com Luis Filipe. Como sempre, com a vantagem no placar os jogadores do Ypiranga caíam em campo, o que não deixou o segundo tempo ser mais bem jogado. Ainda assim, Cojak e Allan tiveram chances de empatar em chutes da entrada da área. Hoje não foi nosso dia. Placar final 1 a 0 pra eles.

TRIO DE ARBITRAGEM CBF/FEERJ - Árbitro Grazziani Maciel Rocha


1 Minuto de silêncio sendo respeitado pelo falecimento do Sr. Chico, pessoa conhecida na sociedade Cruziliense

Gol do Ypiranga


O Sete buscou mas não conseguiu o empate.

domingo, 28 de setembro de 2014

ATALANTA X SETE

DOMINGO, DIA 28 DE SETEMBRO DE 2014 AS 15 HORAS NO ESTÁDIO HANGARANA EM SÃO VICENTE DE MINAS

ATALANTA 1 X 3 SETE DE SETEMBRO

O Sete abriu a segunda fase da LAF 2014 jogando fora de casa. Nem mesmo a melhor campanha geral deixava todo o favoritismo sobre o Verdão pois na última rodada da primeira fase, o Atalanta venceu a  equipe do Independência de Madre de Deus e se fez um forte adversário para nosso esquadrão. Foi um jogo duro a uma vitória fora de casa por 3 a 1 nos faz ainda mais fortes.



Ao contrário do que acontecia nas últimas partidas o Sete começou jogando muito bem, marcando a saída de bola adversária e quando roubava a bola, partia em velocidade na direção do gol. Em uma arrancada de Cojak, o meia atacante camisa 10 sofreu falta. Na cobrança Reji cruzou bem e o artilheiro Cojak desviou de cabeça, sem chances para o goleiro adversário. Sete 1 a 0. No primeiro tempo as chances apareciam, Reji de fora da área quase ampliou, Kareca após bate rebate quase sem ângulo perdeu outra oportunidade. Thiaguinho arriscou algumas vezes, sem sucesso.

Na segunda etapa o Atalanta buscou o empate e logo aos 5 minutos o esquadrão de Andrelândia conseguiu igualar o placar. O Sete não se abalou e começou a tocar bem a bola. Túlio, Rafinha e Reji deixavam a defesa azul perdida com a troca de passes, até que Túlio na lateral da grande área sofreu falta. Rejo, em cobrança perfeita colocou a bola no ângulo deixando mais uma vez o Verdão na frente 2 a 1. Em vantagem no placar e fisicamente sobrando sobre o adversário o Sete cadenciava o jogo e nos contra ataques buscava ampliar. Júnior, nosso capitão, ajeitou a bola para perna direito e arriscou de longe e acertou o chamado "pombo sem asa" (a bola acordou umas três corujas) e foi no ângulo, um GOLAÇO do camisa 11 do Sete. 3 a 1. Daí em diante foi só toque de bola até o apito final da partida.

O Sete volta a campo agora apenas dia 19/10 no clássico de Cruzília. Enquanto isso veremos mais uma rodada da LAF no próximo dia 12/10.

Reji cobra a falta, Kareca e Cojak sobem e o camisa 10 do Sete abre o placar do jogo.


A forte marcação do Sete em cima do atleta do Atalanta.

Júnior, autor do terceiro gol do Sete em jogada de ataque pelo Verdão.

Reji cobrando falta no ângulo, o segundo gol do Sete na partida.